Vestidos

Peça da indumentária feminina, de forma e comprimentos variáveis, que pode constituir-se de dois elementos que se integram, um cobrindo a parte superior do corpo, exceto a cabeça, e o outro, das ancas para baixo, ou conformar-se numa só peça inteiriça.

Os vestidos foram por muito tempo a única opção de vestimenta para as mulheres. Há alguns séculos eles eram feitos de tecidos muito pesados e tinham que ser usados com dezenas de outras camadas por baixo, serviam para modelar o corpo da mulher, marcando a cintura e também para mostrar o poder aquisitivo das damas que desfilavam com eles.  

No início do século passado as mulheres que usavam calças eram mal vistas, o mais adequado era se apresentar de vestido, que nessa época já era mais confortável e leve. Graças ao movimento feminista essa maneira de se vestir ficou mais diversificada, outros itens masculinos entraram para o estilo das mulheres, adaptados, claro. Mas o vestido não foi extinto, pelo contrário, hoje tem-se muitos estilos e modelos que podem ser usados em diversas ocasiões.

Peça símbolo da feminilidade, o vestido acompanha as mulheres desde a origem das vestimentas e já se reinventou inúmeras vezes. Os vestidos são as peças mais democráticas do guarda-roupa feminino, podendo ser usado em diversas ocasiões, das mais simples às mais sofisticadas.

Mas essa variedade de forma que temos hoje só foi possível graças aos diferentes padrões que fizeram sucesso nas últimas décadas. A moda varia e se transforma de acordo com o período e experiências históricas de sua época, deixando sempre um traço de personalidade e memórias incorporadas em cada tipo de vestido.

Confira também